EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Prefeito do Rio de Janeiro suspende pagamentos a funcionários

Prefeito do Rio de Janeiro suspende pagamentos a funcionários
Direitos de autor AP Photo/Leo Correa
Direitos de autor AP Photo/Leo Correa
De  Rodrigo Barbosa com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Decisão de Marcelo Crivela foi tomada depois de Justiça congelar contas para garantir regularização de salários em atraso no setor da saúde

PUBLICIDADE

Novo capítulo na crise financeira na prefeitura do Rio de Janeiro, que suspendeu esta terça-feira o pagamentos a fornecedores e funcionários da cidade, uma medida que promete aumentar o descontentamento na metrópole brasileira.

O prefeito Marcelo Crivella diz ter sido obrigado a tomar a decisão, depois da Justiça ter ordenado o congelamento de 420 milhões de reais, cerca de 92 milhões de euros, nas contas municipais para garantir o pagamento de salários em atraso no setor da saúde.

Enfermeiros e funcionários que prestam serviços a hospitais estão em greve há uma semana para protestar contra a falta de pagamento dos salários, mas a situação já era crítica antes, devido à falta de equipamento e equipas de enfermagem.

O Ministério Público do Rio de Janeiro acusou Crivella de reduzir os investimentos na saúde em cerca de 500 milhões de euros desde que assumiu funções, em 2017, suspeitando que o dinheiro tenha sido desviado para gastos com publicidade da gestão do município.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Outras fontes • Folha de São Paulo

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados

Chuvas fortes no sul do Brasil fazem pelo menos 75 mortos e mais de 100 desaparecidos