Última hora
This content is not available in your region

Franceses manifestam-se contra a reforma das pensões

Franceses manifestam-se contra a reforma das pensões
Direitos de autor
AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se contra a reforma das pensões este sábado, em Paris. Alguns dos manifestantes envergaram coletes amarelos.

Os sindicatos rejeitam a reforma, alegando que esta vai implicar que milhões de pessoas trabalhem para além da idade legal de reforma: os 62 anos.

No discurso de Ano Novo, o presidente francês, Emmanuel Macron, garantiu que a reforma que pretende fundir os 42 regimes de pensões existentes num só será concluída. Isto apesar da greve no setor dos transportes que entrou este sábado no segundo mês de duração, um tempo recorde que bateu o atingido em 1986/87.

A empresa francesa de transporte ferroviário garantiu que este fim de semana vai haver mais comboios em circulação. Para este sábado, a SNCF anunciou que iriam circular sete TGVs em cada 10.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.