Última hora
This content is not available in your region

Irão admite que fez cair avião ucraniano

Irão admite que fez cair avião ucraniano
Direitos de autor
Ebrahim Noroozi
Tamanho do texto Aa Aa

O Irão admitiu, este sábado, ser o responsável pela queda do avião ucraniano que se despenhou na quarta-feira perto de Teerão. Depois de emitido um comunicado, a esclarecer a situação, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, através das redes sociais, confirmava que a investigação, realizada pelas Forças Armadas iranianas, concluiu que o acidente se deveu ao disparo de mísseis pelo seu país, mas acrescenta que se tratou de "um erro humano", "lamentável" e "imperdoável".

As investigações vão continuar, esclareceu o chefe de Estado, que dizia ainda que "A República Islâmica do Irão lamenta, profundamente, este erro desastroso".

Até aqui, e apesar de várias teses que apontavam para este desfecho, o Irão negava qualquer responsabilidade nesta tragédia.

O avião da companhia Ukraine International Airlines tinha partido da capital iraniana rumo a Kiev. Caiu pouco depois de descolar. As 176 pessoas que seguiam a bordo morreram.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.