Última hora
This content is not available in your region

Irão admite que fez cair avião ucraniano

euronews_icons_loading
Irão admite que fez cair avião ucraniano
Direitos de autor  Ebrahim Noroozi
Tamanho do texto Aa Aa

O Irão admitiu, este sábado, ser o responsável pela queda do avião ucraniano que se despenhou na quarta-feira perto de Teerão. Depois de emitido um comunicado, a esclarecer a situação, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, através das redes sociais, confirmava que a investigação, realizada pelas Forças Armadas iranianas, concluiu que o acidente se deveu ao disparo de mísseis pelo seu país, mas acrescenta que se tratou de "um erro humano", "lamentável" e "imperdoável".

As investigações vão continuar, esclareceu o chefe de Estado, que dizia ainda que "A República Islâmica do Irão lamenta, profundamente, este erro desastroso".

Até aqui, e apesar de várias teses que apontavam para este desfecho, o Irão negava qualquer responsabilidade nesta tragédia.

O avião da companhia Ukraine International Airlines tinha partido da capital iraniana rumo a Kiev. Caiu pouco depois de descolar. As 176 pessoas que seguiam a bordo morreram.