Última hora
This content is not available in your region

Incêndios na Austrália já fizeram 28 mortos

euronews_icons_loading
Incêndios na Austrália já fizeram 28 mortos
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

As icónicas velas da Ópera de Sidney iluminaram-se para prestar homenagem a quem combate os mais devastadores incêndios de sempre na Austrália.

Um bombeiro profissional morreu este sábado enquanto combatia as chamas no estado de Vitória.

Já este domingo, o governo australiano anunciou que vai rever as políticas de risco de incêndio, contemplando o impacto das alterações climáticas e reconhece que os incêndios se transformaram numa questão de saúde pública.

O primeiro-ministro lamentou a perda de mais vidas. "É uma tragédia terrível, tal como todas as mortes que ocorreram desde o início destes incêndios terríveis. 28 pessoas perderam a vida durante os fogos. Para todas as famílias para quem esta última vítima é uma lembrança da perda que sofreram, os nossos pensamentos também vos incluem esta manhã," disse Scott Morrison.

O executivo australiano enfrenta uma forte onda de críticas pela falta de respostas à tragédia. Mais de 2 mil famílias perderam a casa. A área ardida é superior à superfície de Portugal continental.