Última hora
This content is not available in your region

Eleições legislativas antecipadas na Irlanda

Eleições legislativas antecipadas na Irlanda
Direitos de autor
AP Photo/Francisco Seco - Francisco Seco
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro irlandês pediu ao presidente Michael Higgins para dissolver o Parlamento e convocar eleições legislativas antecipadas para oito de fevereiro.

Leo Varadkar busca a maioria absoluta no Parlamento para o seu partido Fine Gael, depois de liderar um Governo de minoria, desde 2016, com base num acordo com o rival Fianna Fáil.

"Temos um acordo sobre o Brexit e a Irlanda do Norte. A nossa economia nunca esteve tão forte. Há mais pessoas a trabalhar do que nunca, os rendimentos estão a aumentar, a pobreza está a diminuir e as finanças públicas estão de novo em ordem, mas não é suficiente. Eu sei que não é suficiente. As pessoas esperam e querem que o seu Governo faça muito mais", afirmou o primeiro-ministro.

O escrutínio do segundo sábado de fevereiro é convocado com mais de um ano de antecedência.

A coesão com o Fianna Fáil, de Michéal Martin, está em causa após a demissão de três deputados do Fine Gael e a possibilidade dos parlamentares votarem contra o Governo numa moção de confiança ao ministro da Saúde, Simon Harris.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.