This content is not available in your region

Exposta pintura em pedra preciosa de Antonio Tempesta

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Exposta pintura em pedra preciosa de Antonio Tempesta
Direitos de autor  Copyright: Euronews

Uma obra do artista italiano Antonio Tempesta pintada numa pedra preciosa está exposta ao público, no Museu de Artes Aplicadas de Budapeste, depois de anos de restauro. Conhecido como o mestre da pintura em superfícies especiais, neste trabalho, o artista do século XVII escolheu uma lapis lazuli, uma pedra azul, para pintar a criação de Eva e a travessia do Mar Vermelho. Uma pedra com apenas um milímetro de espessura.

"Esta obra é realmente especial, mesmo entre as pinturas em pedra. Os artistas geralmente usavam diferentes pedras calcárias, mármores e alabastro para criar essas obras ", frisa o curador Miklós Gálos.

A peça tinha sido apagada do inventário do museu húngaro alguns anos depois da revolução de 1956. Estava em más condições e os restauradores na altura não tinham condições de recuperá-la, mas os funcionários do museu não a deitaram fora.

Há três anos foi descoberta, num armazém, danificada e despedaçada. Chegou a temer-se que não fosse recuperável.