Última hora
This content is not available in your region

Parque Olímpico torna-se "elefante branco" na Barra da Tijuca

euronews_icons_loading
Espaço inaugurado há quatro anos para os jogos Rio2016 foi fechado a cadeado
Espaço inaugurado há quatro anos para os jogos Rio2016 foi fechado a cadeado   -  
Direitos de autor
AP/ Lucas Dumphreys
Tamanho do texto Aa Aa

Está encerrado desde sexta-feira à tarde o Parque Olímpico do Rio de Janeiro. A decisão foi tomada pela Justiça Federal carioca devido à alegada falta de documentos e de licenças de utilização do espaço.

A Procuradoria-geral do Município do Rio de Janeiro apresentou recurso no Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF2) no mesmo dia da execução da ordem de encerramento, garantindo ter em dia um Documento de Autorização Temporária de Funcionamento para as diversas arenas e áreas comuns do Parque Olímpico.

O espaço foi construído de raiz, respeitando os apertados critérios olímpicos, e foi aberto ao público em agosto de 2016, para servir os Jogos Olímpicos Rio2016, um evento marcado por muitas críticas ao investimento feito pelo Brasil, nomeadamente sobre a utilização para lá dos jogos das infraestruturas construídas.

Atualmente, o Parque Olímpico vinha ser utilizado por atletas e pela própria população. Um dos últimos grandes eventos realizado no espaço foi o Rock in Rio, em outubro passado.

Fábio Costa, um residente nas proximidades do Parque Olímpico, recorda a "maravilha" que era aquele espaço "na época dos jogos".

"Era tudo muito lindo. Eu morava perto, era só atravessar a rua e curtir esta maravilha. Hoje é este descaso, com o nosso dinheiro. Um país nascido para o desporto ver um sonho tornar-se num 'elefante branco', é muito triste. Sobretudo para os moradores aqui da região", sublinha o gestor de 43 anos, sentado numa bicicleta, diante da porta fechada a cadeado do Parque Olímpico.

O encerramento do Parque Olímpico é ainda recente, mas já obrigou as seleções olímpicas brasileiras de basquetebol feminino e de canoagem a terem de encontrar alternativas para continuarem a preparar-se para os Jogos Olímpicos deste verão, em Tóquio.

A ordem judicial apanhou também de surpresa a organização da edição carioca do festival Happy Holi, previsto decorrer este domingo no Parque Olímpico.

A organização anunciou o adiamento do evento, sem ter sequer uma nova data definida, e diz-se privada inclusive de aceder ao local onde já havia montado as infraestruturas para o festival.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.