Última hora
This content is not available in your region

A queda de Didier Gailhaguet

euronews_icons_loading
A queda de Didier Gailhaguet
Direitos de autor  AP   -   Francois Mori
Tamanho do texto Aa Aa

Resistiu à pressão durante vários dias, mas o presidente da federação francesa de desportos sobre o gelo decidiu abandonar cargo neste sábado.

Perante a ditadura ministerial, nunca me passou pela cabeça ser um impecilho para a minha federação, que pacientemente reconstruí durante quase 15 anos.
Didier Gailhaguet
FFSG

Didier Gailhaguet acabou por pedir demissão depois da antiga patinadora Sarah Abitbol acusou um ex-treinador de abusos sexuais quando era adolescente.

A ministra do Desporto, Roxana Maracineanu, exigiu a demissão de Didier Gailhaguet e falou num mau funcionamento geral da federação

As acusações de violação estão a abalar a opinião pública francesa e a modalidade vive uma crise sem precedentes.

O silêncio foi quebrado com a publicação do livro de Sarah Abitbol, que revelou os abusos sexuais dos quais foi vítima entre os 15 e 17 anos, da parte do seu antigo treinador, Gilles Beyer.

A esta acusação juntaram-se outras que aconteceram entre a década de 70 e de 90.