Última hora
This content is not available in your region

Hamburgo a votos

euronews_icons_loading
Hamburgo a votos
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade estado de Hamburgo, na Alemanha, vai este domingo a votos, com a ecologia e as alterações climáticas a dominarem a campanha.

Ao contrário do que tem ocorrido um pouco por todo o país, segundo as últimas sondagens, o Partido Social Democrata deverá sair vitorioso com 39% das intenções de voto.

Em segundo lugar, aparece o parceiro de coligação Os Verdes que, de acordo com as sondagens, duplicará os votos obtidos em 2015 passando de 12 para 23%.

Quanto à CDU, de Angela Merkel, segundo as sondagens deverá ficar-se pelos 12%, o pior resultado de sempre dos democratas-cristãos na cidade de Hamburgo.

Tudo indica que o social-democrata Peter Tschentscher continuará, aos comandos da cidade de Hamburgo.

Há pouco dias, o autarca revelou planos para fechar uma uma central elétrica a carvão e tornar o centro da cidade em grande parte livre de carros.

Os Verdes comprometeram-se a tornar a cidade de um milhão e oitocentos mil habitantes neutra para o clima até 2035, muito antes do objetivo nacional de acabar com as emissões de gases de efeito estufa até 2050.

O escrutínio deste domingo ocorre menos de um mês depois da crise política desencadeada no estado federado da Turíngia após a demissão do primeiro-ministro Thomas Kemmerich, vinte e quatro horas após ter sido eleito com os votos dos democratas-cristãos da CDU, dos Liberais do FDP e do partido de extrema-direita AfD.

Os vários partidos concordaram, agora, em marcar, para março, o escrutínio para eleger o novo governador e para abril de 2021 as próximas eleições estaduais.