Última hora
This content is not available in your region

Turquia liberta jornalistas do Sputnik

euronews_icons_loading
Turquia liberta jornalistas do Sputnik
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

O portal de notícias estatal russo Sputnik anunciou que as autoridades turcas libertaram, na tarde de domingo, os quatro jornalistas das delegações de Ancara e de Istambul, onde se inclui o diretor do Sputnik Turquia, Mahir Boztepe.

A detenção dos jornalistas foi denunciada, horas antes, pela subdiretora do portal de notícias, Margarita Simonian.

Os jornalistas, de nacionalidade turca, foram interrogados e depois libertados. De acordo com o Sputnik, o Ministério Público da Turquia não encontrou indícios de crime que suportassem a detenção.

Segundo a agência Reuters, a libertação dos quatro jornalistas ocorreu depois de uma conversa entre o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, e o homólogo turco, Mevlut Cavusoglu. O chefe da diplomacia russa terá pedido que a situação dos jornalistas dos Sputnik fosse normalizada e que a sua segurança fosse garantida.

De acordo com o portal de notícias, no sábado, dezenas de pessoas tentaram invadir as habitações dos jornalistas, em Ancara. Os manifestantes acusaram os jornalistas de serem espiões russos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.