Última hora
This content is not available in your region

Dádivas de sangue em risco devido à covid-19

euronews_icons_loading
Dádivas de sangue em risco devido à covid-19
Direitos de autor  GUILLAUME SOUVANT/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

A pandemia do novo coronavírus está a ter um forte impacto nas doações de sangue, um pouco por todo o mundo, numa época em que as reservas costumam ser já baixas devido ao frio e à gripe.

Em Itália começam a soar os alarmes. As Associações de Dadores lançaram o alerta afirmando que "há o risco de graves repercussões nas terapias necessárias para 1800 pacientes por dia".

A Cruz Vermelha italiana organizou uma coleta extraordinária de sangue para segunda e terça-feira em Roma. Uma ação permitida pelas autoridades, apesar da quarentena nacional imposta há uns dias.

Em Portugal, o Instituto Português do Sangue e Transplantação ativou o plano de contingência, cancelou algumas recolhas e informou que os dadores poderão deslocar-se aos postos fixos de colheita, podendo agendar a dádiva.

Na capital espanhola, onde se encontra o principal surto da covid-19 no país, o Centro de Transfusão de Madrid informou, no sábado, que não são necessárias, para já mais doações de sangue. A resposta dos madrilenos ao apelo feito na quinta-feira foi imediata e cobriu todas as necessidades que aquele organismo pode assegurar.