Última hora
This content is not available in your region

COVID-19: Alemanha impõe novas medidas de contenção

euronews_icons_loading
COVID-19: Alemanha impõe novas medidas de contenção
Direitos de autor  AP Photo/Jens Meyer
Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha, o quinto país, em termos mundiais e o terceiro na Europa, mais afetado pela COVID-19, começa a aumentar as medidas de contenção. São mais de 24 mil os casos ativos deste novo coronavírus, no país. Há mais de 260 pessoas recuperadas e quase uma centena de mortos ligados a esta doença.

No domingo a chanceler alemã anunciou novas medidas entre elas o facto de as pessoas só poderem circular nas ruas sozinhas ou acompanhadas por uma pessoa apenas seja um familiar ou não.

Angela Merkel decidiu fazer quarentena após saber que esteve em contacto com um médico a quem foi diagnosticada a COVID-19. A chanceler e os governadores federais têm estado sob tensão e criticismo por demorarem muito tempo a acordarem uma estratégia nacional para o combate à propagação do vírus.

A Alemanha já fechou escolas e estabelecimentos comerciais não essenciais. Merkel admite que esta não é a situação ideal para os alemães mas que é obrigatório fazê-lo e alerta de que haverá consequências para quem violar as novas medidas, que não são "recomendações, mas regras", como fez questão de frisar

Há algumas exceções à regra, para famílias que vivem sob o mesmo teto e que podem sair juntas para apanhar um pouco de ar fresco.