Última hora
This content is not available in your region

Restaurante de Frankfurt desenvolve "conceito inovador" de entregas

euronews_icons_loading
Restaurante de Frankfurt desenvolve "conceito inovador" de entregas
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Um restaurante de Frankfurt, na Alemanha, encontrou uma forma de se manter em atividade sem aumentar as despesas da atividade: o "drive through".

Por todo mundo, e Portugal não é exceção, diversas empresas estão a reinventar-se para se manterem a operar tanto quanto possível neste período de confinamento social e laboral devido à Covid-19.

Muitos restaurantes continuam a cozinhar e têm apostado sobretudo nos serviços de entrega, mas o restaurante Zum Lahmen Esel, em Frankfurt, não conseguia suportar as despesas acrescidas da entrega e inverteu o processo, num novo estilo de "take away" na capital financeira da Alemanha para continuar a vender especialidades como a "Appelwoi", um tipo de cidra.

"O restaurante teve de fechar. Ninguém podia vir aqui. Para nós, era desistir ou lutar. Decidi lutar. Primeiro, com um serviço de entregas, mas tivemos de parar logo após o primeiro dia. Era muito dispendioso. Depois, este "drive through". Os nossos clientes conduzem até ao nosso balcão improvisado, fazem o pedido, pagam e mais à frente, noutro balcão, recebem a refeição no carro", explica-nos Thomas Metzmacher, o dono do Zum Lahmen Esel.

As transações fazem-se à janela. Um cliente elogia a iniciativa como "um conceito inovador" e considera que este "pequeno restaurante deve ser apoiado".

As medidas de confinamento na Alemanha começaram a 22 de março, incluindo o encerramento de restaurantes. O governo decidiu prolongar as medidas, para já, pelo menos até 19 de abril.

Os alemães não estão proibidos de sair de casa, mas apenas devem faze-lo para realizarem exercício físico de forma isolada, passear animais domésticos ou para a aquisição de bens essenciais como refeições.