Mais de 100 mil infetados pelo coronavírus nos Estados Unidos

Mais de 100 mil infetados pelo coronavírus nos Estados Unidos
Direitos de autor AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Estados Unidos são o país que concentra o maior número de pessoas infetadas pelo coronavírus, que já atingiu 550 mil pessoas no mundo inteiro.

PUBLICIDADE

O coronavírus continua a conquistar território e a infetar milhares de pessoas todos os dias no mundo.

Os Estados Unidos são já o país que regista mais casos, com mais de 100 mil pessoas já infetadas.

Nova Iorque continua a ser a cidade mais atingida mas começam a surgir números preocupantes em Nova Orleães, Chicago e Detroit. Por todo o lado se improvisam hospitais e, após alguma hesitação, o presidente, Donald Trump, decidiu invocar a Lei de Produção de Defesa, usada durante a guerra da Coreia, para ordenar à General Motors que começasse a fabricar as máquinas de respiração.

Trump falou esta sexta-feira com o presidente chinês. Um diálogo à procura de cooperação. Xi Jiping terá dito que a "China está pronta a fornecer apoio dentro da sua capacidade".

Na Europa, a Itália registou o maior número de mortes em 24 horas - 969 -, elevando o número de vítimas mortais no país a 9.134. Há agora em Itália mais de 86 mil infetados e em Espanha mais 64.000, com um total de mais de 4900 mortos.

Em França, onde se registam 33 mil casos e cerca de 2000 mortos, o primeiro-ministro anunciou o prolongamento do estado de emergência até meados de abril; a primeira-ministra belga fez o mesmo anúncio.

No Reino Unido, onde já morreram 760 pessoas, luta-se contra o tempo na construção de unidades hospitalares para acolher os doentes da COVID 19. Boris Johnson tornou-se no primeiro chefe de governo a ser contaminado e está agora de quarentena, assim como o ministro britânico da Saúde do país. Numa mensagem aos britânicos, o primeiro-ministro diz que tem febre e tosse em permanência mas que continua a gerir as respostas do governo à pandemia.

O coronavírus já infetou 550 mil pessoas no mundo e a COVID 19 matou quase 25 mil.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Larry King hospitalizado com Covid-19

EUA prolongam quarentena por causa da covid-19

China reage a teoria do FBI sobre a origem da pandemia