Última hora
This content is not available in your region

Boris Johnson no hospital, Rainha fala ao país

euronews_icons_loading
Boris Johnson no hospital, Rainha fala ao país
Direitos de autor  Andrew Parsons10 Downing Street/AP
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson foi hospitalizado, dez dias depois de ter começado a sentir os sintomas da infeção pelo coronavírus. Segundo o comunicado da Downing Street, o chefe do governo deu entrada no hospital para uma série de exames devido à persistência dos sintomas, incluindo febre alta. As fontes oficiais negam que tenha havido um agravamento no estado de saúde.

A epidemia de Covid-19 foi também o pretexto para uma comunicação ao país por parte da Rainha Isabel II, que foi apenas a quarta na história do reinado.

Comunicação da Rainha Isabel II (na íntegra)

Disse a Rainha: "Este não é o nosso primeiro desafio, mas é diferente. Desta vez, unimos esforços com todas as nações do globo para uma missão conjunta, usando os avanços da ciência e a nossa compaixão instintiva para curar. Vamos conseguir e esse sucesso pertence-nos a cada um de nós".

Este não é o nosso primeiro desafio, mas é diferente. Desta vez, unimos esforços com todas as nações do globo para uma missão conjunta
Isabel II
Rainha de Inglaterra

No Reino Unido, a epidemia tem vindo a agravar-se, mesmo se o número de mortes diárias baixou no domingo. Muitos britânicos continuam a não respeitar o confinamento obrigatório e a encher os parques.

Por vezes, os maus exemplos vêm de quem tem mais responsabilidades: A diretora-geral de saúde da Escócia, Catherine Calderwood, demitiu-se depois de ter passado dois fins de semana consecutivos na casa de férias, rompendo a quarentena.