Última hora
This content is not available in your region

Preço do petróleo em "queda livre"

euronews_icons_loading
Frame from AFP video editing
Frame from AFP video editing   -   Direitos de autor  Frame from AFP video editing
Tamanho do texto Aa Aa

Nunca o petróleo foi tão barato.

Depois de na segunda-feira os produtores terem tido de pagar no mercado de futuros norte-americano para se verem livres dos contratos de entrega de crude em maio, esta terça-feira foram os contratos de junho também a serem negociados em valores mínimos. O preço do barril rondou os 11 dólares por barril.

Donald Trump já escreveu no Twitter que o governo norte-americano vai apoiar a indústria energética do país.

Com as empresas, aviões e carros parados, a procura global de crude diminuiu em cerca de um terço, em relação aos níveis anteriores à crise e a recuperação antevê-se lenta.

Arrastadas pelos baixos preços do petróleo, as principais bolsas europeias fecharam o dia com perdas entre 2 e 4%.