Última hora
This content is not available in your region

Setor da aviação com perdas de quase 300 mil milhões de euros

euronews_icons_loading
Setor da aviação com perdas de quase 300 mil milhões de euros
Direitos de autor  Michael Probst/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O regresso à normalidade no setor da aviação prevê-se lento. A Iata, Associação Internacional de Transportes Aéreos, aponta para uma diminuição das receitas no valor de quase 300 mil milhões de euros (314 mil milhões de dólares), em comparação com 2019.

Os voos domésticos devem abrir em primeiro lugar, mas a procura também deve demorar a regressar ao normal. 40% dos passageiros diz que vai esperar 6 meses ou mais antes de viajar, segundo um estudo da IATA realizada em 11 países, incluindo França, Alemanha e Reino Unido.

Os vôos domésticos em todo o mundo caíram 70% e recuperar a confiança dos passageiros será crucial. As previsões da Oxford Economics dizem que a recessão inevitável no terceiro trimestre do ano - algo que não joga a favor da confiança dos passageiros.

A Iata apela a uma "ajuda financeira de emergência" dizendo que "aproximadamente 25 milhões de empregos no setor da aviação estão em risco.