Nova Iorque fecha hospitais de campanha, nova-iorquinos vão para a praia

Nova Iorque fecha hospitais de campanha, nova-iorquinos vão para a praia
Direitos de autor AFP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Califórnia, o encerramento das praias também não foi suficiente para impedir os banhos de sol

PUBLICIDADE

Nova Iorque começa pouco a pouco a despertar do pesadelo que tem sido a epidemia de covid-19 e que provocou cerca de 19 mil mortos na cidade. Os hospitais de campanha construídos para dar resposta às necessidades já começaram a fechar portas, sinal de que o sistema de saúde local já consegue lidar com a situação.

Apesar de Nova Iorque ser a cidade mais afetada pelo surto, nem todos aprenderam a respeitar o confinamento e este sábado a praia de Roackaway Beach esteve bem composta no nova-iorquinos que quiseram aproveitar os primeiros raios de sol.

O cenário não foi muito diferente na Califórnia. As autoridades até tinham decretado o encerramento das praias para não se repetir a enchente do fim de semana passado. A medida ajudou, mas não foi totalmente eficaz.

Apesar das transgressões, em São Francisco as autoridades locais já anunciaram que as medidas de confinamento se iriam prolongar até final de maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 109 mil novos casos de Covid-19

Nova "Guerra das Estrelas": Rússia desenvolve sistema de mísseis nucleares antissatélite

Senado dos EUA aprova pacote de ajuda à Ucrânia