Última hora
This content is not available in your region

Europa em processo de desconfinamento

euronews_icons_loading
Europa em processo de desconfinamento
Direitos de autor  screenshot AFP
Tamanho do texto Aa Aa

As medidas de desconfinamento começam a entrar em vigor um pouco por toda a Europa mas para quem foi obrigado a encerrar o comércio não basta voltar a abrir as portas para regressar a normalidade. Em Milão, os proprietários de bares e restaurantes organizaram um protesto para pedir ajuda do Estado, em Florença os vendedores de recordações e os ourives já disseram que não vão abrir na data prevista uma vez que não há turistas.

Em França, fazem-se preparativos para tudo correr sobre rodas a onze de maio, data do início do desconfinamento. Nas grandes cidades criam-se novas vias para ciclistas e as empresas de autocarros também se adaptam aos novos tempos.

De acordo com o diretor da Citram, Nicolas Raud, os veículos da empresa francesa terão avisos em todos os cintos de segurança e apenas serão usados metade dos lugares, sendo que todos os passageiros serão lembrados das medidas de prevenção e do uso de máscara obrigatório no interior do veículo.

Na Bélgica, uma boa parte do comércio pode abrir portas na próxima semana mantendo, obviamente, as distâncias de segurança entre os clientes. As medidas de desconfinamento também chegam aos lares dos belgas, que poderão passar a receber até quatro familiares ou amigos em casa.

Em Espanha, apesar de não ter contado com o apoio do principal partido da oposição, Pedro Sánchez conseguiu apoios necessários no Congresso de Deputados para prolongar o Estado de Emergência por mais duas semanas, até 23 de maio. O governo assegura que este tempo é essencial para colocar em marcha o plano de desconfinamento para o país.