Última hora
This content is not available in your region

Huawei diz que entrou em "modo de sobrevivência"

euronews_icons_loading
Huawei - Arquivo
Huawei - Arquivo   -   Direitos de autor  Andy Wong/The Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

A Huawei, gigante chinês de tecnologia, anunciou que entrou em "modo de sobrevivência". Declaração feita esta segunda-feira na cimeira de desenvolvimento que promoveu em Shenzen, na China.

A empresa diz que o último lote de sanções dos Estados Unidos pode desiquilibrar todo o setor.

Joe Kelly, porta-voz da tecnológica, afirma que a Huawei se "opõe à emenda anunciada pelo departamento de comércio norte-americano", por considerar que é feita para "atingir especificamente a empresa".

As novas restrições à utilização de circuitos produzidos nos Estados Unidos foram anunciadas sexta-feira e representam mais um episódio na guerra comercial entre Washington e Pequim.

O ministro chinês do Comércio já veio dizer que vai continuar a proteger os interesses das empresas locais. A China não revelou detalhes sobre novas retaliações, mas no passado chegou a ameaçar limitar a operação de empresas norte-americanas em território chinês.