Última hora
This content is not available in your region

BCE: Economia da zona euro deve cair entre 8 e 12%

euronews_icons_loading
BCE: Economia da zona euro deve cair entre 8 e 12%
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A economia da Zona Euro vai contrair, em 2020, mais do dobro do que o inicialmente previsto, revela a presidente do Banco Central Europeu.

Christine Lagarde fala numa consequência da pandemia bem mais sombria do que se esperava, com previsões de queda do PIB da eurozona entre os 8 e os 12%. Lagarde diz agora que a previsão que apontava para uma quebra média de 5% está obsoleta.

Para a presidente do BCE, tudo vai depender da velocidade a que forem levantadas as medidas de confinamento, da rapidez com que a economia voltar a recuperar, mais gradualmente ou mais subitamente, e dos setores de atividade que forem mais prejudicados.

"Alguns países serão mais afetados do que outros e isso determinará a forma como vamos sair desta situação", diz.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revela, por seu turno, que a crise está a ser particularmente dura para os trabalhadores jovens.

Segundo os dados mais recentes, um em cada seis jovens deixou de ter trabalho assim que começou a pandemia, enquanto os que mantiveram o emprego viram as horas de trabalho reduzidas cerca de 23%

Na quarta edição do relatório sobre o impacto da COVID-19 no mundo do trabalho, a OIT avança que o emprego dos jovens está a ser afetado de uma forma devastadora desde fevereiro, sendo a situação pior para as mulheres do que para os homens.