Última hora
This content is not available in your region

Festival Scarlet Sails no pequeno ecrã

euronews_icons_loading
Festival Scarlet Sails no pequeno ecrã
Direitos de autor  Dmitri Lovetsky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O festival Scarlet Sails é um evento anual que marca o fim de uma etapa para os estudantes finalistas de São Petersburgo mas que este ano, e devido à pandemia de Covid-19, decorreu em moldes diferentes e sem espectadores, ainda que nas redes sociais circulem vídeos de grupos de jovens a passar ao lado do distanciamento social nas celebrações.

Quem quisesse assistir ao concerto, ao espetáculo multimédia e pirotécnico, o fogo-de-artifício, no rio Neva tinha a possibilidade de fazê-lo frente à televisão. Uma decisão acertada, devido aos perigos, diz uma jovem russa, mas fica claro o desapontamento de quem vê neste espetáculo o encerrar de um ciclo e o começo de um novo.

A tradição começou em 1968, para comemorar o final do ano letivo, tendo como mote um popular livro infantil, com o mesmo nome, de Alexander Grin. Acabou interrompida no final do período soviético e recuperada, em 2005, quando as autoridades de São Petersburgo perceberam o seu potencial turístico.