Última hora
This content is not available in your region

Belgrado palco de manifestações e confrontos

euronews_icons_loading
Belgrado palco de manifestações e confrontos
Direitos de autor  Darko Vojinovic/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

As manifestações contra as novas medidas restritivas anunciadas pelo Governo para combater a Covid-19 degeneraram em confrontos em Belgrado, a capital da Sérvia.

Na noite desta quarta-feira, as autoridades de segurança recorreram a gás lacrimogéneo para dispersar as multidões. Várias pessoas ficaram feridas.

Horas antes, o presidente Aleksandar Vucic anunciou o recuo nos planos de restabelecer, esta semana, um confinamento obrigatório em Belgrado, para conter a propagação de novos surtos do novo coronavírus.

Isso não impediu milhares de sérvios de se manifestarem pelo segundo dia consecutivo nas ruas da capital.

Os opositores acusam o presidente de ter levantado o confinamento demasiado cedo, em maio, permitindo jogos de futebol com espetadores e poucas limitações de movimentos, antes das eleições de 21 de junho, que o partido de Aleksandar Vucic venceu.