Última hora
This content is not available in your region

Aumentam as tensões entre o Egito e a Turquia

euronews_icons_loading
Aumentam as tensões entre o Egito e a Turquia
Direitos de autor  AP/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Aumentam as tensões entre o Egito e a Turquia. O parlamento egípcio aprovou uma possível intervenção militar na Líbia. A medida ameaça agravar o cenário de guerra no país e levar a um confronto direto com a Turquia, devido à posição do presidente egípcio contra as forças apoiadas pelas tropas turcas na Líbia.

Para o presidente Abdel-Fattah al-Sissi a cidade líbia de Sirte é estratégica e considerada uma "linha vermelha". Alertou que qualquer ataque à cidade costeira, levaria a uma intervenção do Egito para "garantir a segurança nacional" na fronteira.

As tropas turcas juntamente com o governo de Trípoli, apoiado pela ONU, mobilizam-se nos arredores de Sirte e pretendem retomar a cidade das forças rivais comandadas por Khalifa Haftar - o “homem forte” do leste do país que conta com o apoio do Egito.

O governo egípcio encara a presença turca perto da sua frontreira ocidental como uma ameaça, principalmente depois de uma série de vitórias das forças de Trípoli.

As relações entre os países deterioraram-se desde 2013, quando al-Sissi liderou a queda do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi.