Última hora
This content is not available in your region

Sicília quer expulsar migrantes

euronews_icons_loading
Sicília quer expulsar migrantes
Direitos de autor  Francesco Malavolta /AP
Tamanho do texto Aa Aa

O governador da Sicília, Nello Musumeci, ordenou a retirada de todos os migrantes da ilha devido a receios relacionados com o alastramento de Covid-19.

Numa mensagem divulgada nas redes sociais, o líder siciliano afirma que assinou um decreto que determina o encerramento dos locais de acolhimento de migrantes na ilha.

Musumeci acusa as autoridades de Roma de silêncio e indiferença.

De momento, encontram-se na ilha menos de 1,200 migrantes. Desde sexta-feira que 337 migrantes foram transferidos de Lampedusa.

Entretanto, às primeiras horas da madrugada duas embarcações com cerca de duas dezenas de migrantes tunisinos a bordo chegaram à ilha.

Reagindo à ordem dada pelo governador da Sicília, o ministro italiano do Interior afirmou que o decreto assinado não é válido porque o governador não teria o poder para o fazer.