Última hora
This content is not available in your region

Família de Donald Trump domina Convenção Republicana

euronews_icons_loading
Família de Donald Trump domina Convenção Republicana
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

A família Trump dominou a segunda noite da Convenção Nacional Republicana dos Estados Unidos da América.

A primeira-dama e dois dos cinco filhos de Donald Trump foram as estrelas do evento.

Melania Trump, ela própria uma emigrante, concentrou-se positivamente no Sonho Americano, assegurando que o atual presidente, e candidato do Partido Republicano, luta pela família norte-americana.

No seu discurso, Melania referiu que como se verificou, "ao longo dos últimos cinco anos, ele não é um político tradicional. Ele simplesmente não fala palavras, exige ação e obtém resultados".

Poucos minutos depois, os democratas criticaram a escolha do Jardim das Rosas da Casa Branca para o discurso da primeira-dama afirmando que é uma utilização inadequada dos recursos governamentais.

Donald Trump está sob pressão devido à pandemia da Covid-19, ao desemprego crescente e à crise económica do país.

A maioria das sondagens dá uma vantagem significativa ao rival democrata Joe Biden.

No seu discurso, Eric Trump defendeu o pai e citou Ronald Regan, dizendo que "' liberdade nunca está a mais do que a uma geração de distância da extinção. Deve combater-se por ela e deve ser protegida'. Esta é a luta em que nos encontramos" e, segundo Eric, só o seu pai a pode vencer. "A economia, o muro, os militares, os negócios comerciais, os cortes fiscais, os juízes do Supremo Tribunal, os medicamentos com receita, a mudança da embaixada para Jerusalém, a paz no Médio Oriente, as guerras sem fim foram finalmente terminadas. As promessas feitas e as promessas pela primeira vez foram cumpridas".

As eleições presidenciais dos Estados Unidos da América estão marcadas para o dia 03 de novembro.