Última hora
This content is not available in your region

Trump visita estados do Luisiana e Texas atingidos pelo furacão Laura

euronews_icons_loading
Trump visita estados do Luisiana e Texas atingidos pelo furacão Laura
Direitos de autor  Alex Brandon/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

No rescaldo da Convenção Nacional do Partido Republicano, onde aceitou formalmente a candidatura à reeleição, Donald Trump rumou aos estados do Luisiana e do Texas.

No terreno, o presidente dos EUA teve, este sábado, uma visão real de uma pequena parte dos estragos provocados pelo furacão Laura, um dos cinco piores de sempre nos EUA, que chegou a atingir ventos de 240 quilómetros por hora.

Pelo menos 16 pessoas morreram e centenas de milhares continuam privadas de eletricidade e de água,

Trump começou por visitar um centro de distribuição de alimentos, em Lake Charles, no Luisiana, e percorreu depois um bairro atingido. Também passou pelo Texas e sublinhou que o furacão era mais forte do que o Katrina, embora com estragos menores: "Este foi um furacão verdadeiramente poderoso. Na verdade, quando chegou aos EUA foi muito maior do que o Katrina. Considerando que o Katrina foi um marco em termos de destruição, este furacão foi mais forte. Chegou quase à categoria cinco."

No Luisiana, Trump anunciou a aprovação do estado de emergência e o envio de água e alimentos.

O estado ainda não se refez do trauma provocado pela devastação causada em 2005 pelo Katrina, furacão de categoria 5, a máxima na escala de Saffir-Simpson, que inundou 80% de Nova Orleães e fez 1,8 mil mortos.