Última hora
This content is not available in your region

EUA pedem à Turquia que acabe com operações no Mediterrâneo Oriental

euronews_icons_loading
EUA pedem à Turquia que acabe com operações no Mediterrâneo Oriental
Direitos de autor  Defensa Nacional Griega vía AP
Tamanho do texto Aa Aa

Numa visita ao Chipre, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, pediu à Turquia que termine as operações que estão a aumentar a tensão no Mediterrâneo Oriental. Ancara tem realizado perfurações ilegais em zonas costeiras reivindicadas pela Grécia e pelo Chipre.

"Continuamos profundamente preocupados com as operações que a Turquia está a realizar para fazer um levantamento de recursos naturais em áreas sobre as quais a Grécia e Chipre têm jurisdição no Mediterrâneo oriental", afirmou Pompeo.

Entretanto, o primeiro-ministro grego anunciou um programa de compra de armas e a reorganização das Forças Armadas, numa altura em que aumenta a tensão entre a Grécia e a Turquia. "Chegou a hora de fortalecer as Forças Armadas como um legado para a segurança do país. É uma obrigação para os gregos, que vão suportar o custo", defendeu Kyriakos Mitsotakis.

O presidente turco avisou o homólogo francês "para não entrar em conflito com a Turquia", depois de Macron ter criticado Ancara por causa do conflito sobre a prospeção no Mediterrâneo. "A França está frequentemente na ordem do dia. Não quero citar nomes, mas sou forçado a fazê-lo porque ele fala muito de mim. Não tem a ver com o nosso povo, mas ele diz: 'Temos um problema com Erdogan'. Sr. Macron , vai ter muito mais problemas comigo", desafiou Recep Tayyip Erdogan.

A Grécia e os Emirados Árabes Unidos têm feito exercícios conjuntos ao largo da costa de Creta. A Turquia também tem realizado exercícios militares no Mar Egeu.