Última hora
This content is not available in your region

Aeroportos de El Salvador e da Guatemala reabrem ao fim de seis meses

euronews_icons_loading
Aeroportos de El Salvador e da Guatemala reabrem ao fim de seis meses
Direitos de autor  Moises Castillo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O aeroporto de El Salvador retomou a atividade dos voos comerciais. Foi este sábado, meio ano depois de as viagens terem sido restritas devido à pandemia.

El Salvador foi o primeiro país a encerrar a fronteira aérea na América Central. Agora os passageiros que chegam devem apresentar um teste negativo para a covid-19 com menos de três dias.

O Supremo Tribunal de El Salvador diz que as autoridades não podem negar a entrada a quem tem passaporte do país e teste positivo. Apesar deste aviso, o diretor-geral de Migração, Ricardo Cucalón, admite que todos os passageiros devem ser testados antes de entrar em território nacional.

Também o aeroporto da Guatemala reabriu o espaço aéreo a voos comerciais. Tal como em El Salvador, os passageiros precisam de apresentar teste negativo para a covid-19 excepto menores de 10 anos.

A reabertura do espaço aéreo acontece na mesma altura em que o presidente da Guatemala anunciou que está positivo para o novo coronavírus.

A chefe de Estado, de 64 anos, sofre de esclerose múltipla, diz estar bem de saúde e apenas com sintomas ligeiros, "como dores no corpo e um pouco de tosse".

O gabinete de comunicação do presidente anunciou que Alejandro Giammattei irá estar afastado do cenário político nas próximas semanas.

A Guatemala tem 16 milhões de habitantes tem mais de 83 mil casos confirmados de coronavírus e já registou a morte de 3.036 pessoas infetadas.