200 mil mortos nos EUA

200 mil mortos nos EUA
Direitos de autor J. Scott Applewhite/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estados Unidos ultrapassam a fasquia dos 200 mil mortos por coronavírus. Nancy Pelosi salienta que este balanço "podia ter sido evitado".

PUBLICIDADE

Bandeiras americanas enterradas no solo em memória das 200 mil vítimas mortais do novo coronavírus nos Estados Unidos.

A iniciativa silenciosa que teve lugar em Washington acabou por ecoar em todo um país que viu uma impressionante fasquia ser ultrapassada.

Para a presidente da Câmara dos Representantes, podia não ter sido assim.

"Isto podia ter sido evitado. Não a totalidade, mas uma grande parte. E as perdas que teremos no futuro também podem ser evitadas se acreditarmos na Ciência em vez da Política. No Centro de Controlo de Doenças, há cientistas de renome completamente desmotivados pela forma como as suas propostas para salvar vidas foram politicamente menorizadas", declarou Nancy Pelosi.

As críticas estendem-se à disparidade do combate. A presidência deixou a cargo de cada governador estadual a implementação de medidas sanitárias específicas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

À beira do milhão de mortos no quadro da Covid-19

Agentes da autoridade mortos a tiro no Estado de Nova Iorque

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos