Última hora
This content is not available in your region

Auxílio reforçado nos escombros da tempestade "Alex"

euronews_icons_loading
Uma das zonas afetadas pela tempestade "Alex" na região do Piemonte, Itália
Uma das zonas afetadas pela tempestade "Alex" na região do Piemonte, Itália   -   Direitos de autor  Bombeiros italianos via AP
Tamanho do texto Aa Aa

Apoiadas pelo Exército, as forças de resgate e socorro francesas intensificaram esforços para encontrar os desaparecidos e ajudar os sobreviventes da tempestade "Alex" que se abateu com violência sobre o sudeste francês e o norte de Itália, onde já se confirmam 3 vítimas mortais.

Cerca de mil bombeiros estão mobilizados no departamento dos Alpes Marítimos.

Um idoso da povoação gaulesa de Roquebillière diz nunca ter visto um algo semelhante. "É a primeira vez que vejo isto. Já tivemos um episódio semelhante em 1993 mas nunca atingiu a intensidade desta vez. Temos quatro mortos na nossa comunidade, uma coisa impensável, inimaginável. Não consigo compreender. parece... Tenho a impressão de estar a viver um pesadelo", explica.

As autoridades francesas confirmam procurarem dezenas de pessoas desaparecidas, o governo já decretou o Estado de catástrofe natural na região.

A Itália regista pelo menos três mortos, incluindo um bombeiro, faleceu durante uma operação de resgate no Vale de Aosta.

Pelo menos 2500 bombeiros estão envolvidos em missões de salvamento nas regiões do Piemonte, Ligúria, e Lombardia, para lá de elementos de forças civis.