EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Resistir ao frio e à neve nos 180 km do Ultra Trail de Jura

Os atletas tiveram de enfrentar condições extremas e muitos desistiram
Os atletas tiveram de enfrentar condições extremas e muitos desistiram Direitos de autor Ben Becker/ UTMJ
Direitos de autor Ben Becker/ UTMJ
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dois suíços foram os grandes vencedores numa das raras provas que sobreviveu aos cancelamentos de eventos desportivos provocados este ano pela pandemia

PUBLICIDADE

Decorreu este fim de semana na cordilheira de montanhas de Jura, em França e com passagem pela Suíça, uma das poucas provas de "ultra trail" a sobreviver este ano aos cancelamentos de eventos desportivos provocados pela pandemia.

Super organisation! Merci à l organisation et aux supers bénévoles!!

Publiée par Stéphanie Perriard sur Dimanche 4 octobre 2020

Os grandes vencedores da prova principal de 180 quilómetros e 7.800 metros de desnível positivo (md+) foram dois suíços.

Após a partida às 08 horas da manhã de sexta-feira, 2 de outubro, Fabrice Fauser foi o mais rápido ao cumprir o percurso em 25:53,39 horas e Stéphanie Perriard, em 12.° da geral, foi a primeira mulher a cortar a meta, com o tempo de 30:23,09 horas.

No sábado foi dado o tiro de partida para as categorias "franco-suíça", com um percurso de 112 km e 4650 md+, e "raposa", de 72 km/ 2.600 md+. Este domingo, realizaram-se as duas categorias de trajetos mais curto: a CMM (38 km/1.100 md+) e a "lince" (19 km/ 690 md+).

A marcar a competição estiveram as medidas sanitárias impostas pela organização aos cerca de dois mil atletas inscritos como o uso de máscara obrigatório nas áreas de maior aglomeração de pessoas e nos primeiros 200 metros de corrida, o que não foi respeitado a 100%.

Les grands vainqueurs de l'UTMJ 😍😍

Publiée par Ultra Trail des Montagnes du Jura sur Samedi 3 octobre 2020

Nas zonas de descanso, foi preparado um circuito de sentido único para evitar cruzamentos de atletas e os alimentos à disposição eram-lhes entregues e não recolhidos por cada um como era habitual neste tipo de provas.

Foi também pedido aos atletas que tentassem manter um metro de distância entre eles no decorrer da prova, o que nem sempre se revela fácil.

As inscrições este ano voltaram a esgotar e, mesmo com todas as incertezas como a autorização para haver prova que apenas surgiu 24 horas antes da partida, havia lista de espera.

Une journée Jurassienne en 4 saisons ! 😍☀️🌧❄️💨 (Bravo aux 6 survivants Suchet/Aiguilles)! Benjamin Becker

Publiée par Ultra Trail des Montagnes du Jura sur Samedi 3 octobre 2020

O frio, o vento, a chuva e a neve, que obrigaram inclusive a alterar parte do percurso de altitude na prova mais longa, provocaram muitas desistências. Pelo menos, um terço dos participantes não chegou ao fim.

A festa, por isso, acabou por ser de todos os que conseguiram terminar esta corrida realizada em condições climatéricas extremas e marcada por algumas limitações impostas pela Covid-19.

Editor de vídeo • Francisco Marques

Outras fontes • UTMJ

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Por dentro do Ultra Trail da Madeira

Não fosse o nevoeiro, tínhamos corrido até ao cimo do Pico

Carlos Alcaraz vence Roland Garros e conquista pela terceira vez um torneio do Grand Slam