This content is not available in your region

Pele de peixe para tratar animais queimados no Pantanal

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AP
Anaconda tratada com pele de tilápia
Anaconda tratada com pele de tilápia   -   Direitos de autor  AMPARA ANIMAL NGO HANDOUT

A pele de tilápia está a ser usada para tratar animais queimados nos incêndios no Pantanal brasileiro.

Este grupo de espécies de peixe de água doce tem uma pele particularmente rica em colagénio, que facilita a cicatrização e ajuda a impedir as infeções.

A técnica foi desenvolvida na Universidade Federal do Ceará, que enviou uma equipa para formar membros da ONG Ampara Animal.

Uma técnica também usada em humanos

A pele de tilápia também já foi usada no Brasil para o tratamento de queimaduras, cirurgia e medicina regenerativa em humanos.

A região do Pantanal, considerada um templo da biodiversidade devido ao grande número de espécies que aí vivem, enfrenta este ano os piores incêndios da sua história.

Burocracia e falta de planeamento dificultam combate aos incêndios

Segundo a Globo, relatórios do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) revelam que a burocracia e falta de planeamento provocaram atrasos na contratação e envio de bombeiros para combater as chamas, tanto no Pantanal, como na Amazónia.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Outras fontes • Globo