Última hora
This content is not available in your region

Setor do Turismo rema contra a maré de Covid-19

euronews_icons_loading
Setor do Turismo rema contra a maré de Covid-19
Direitos de autor  Matt Dunham/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O setor do Turismo na Europa, que representa cerca de 10% do Produto Interno Bruto do bloco forte europeu, está alarmado com as novas medidas introduzidas devido ao aumento no número de novos casos de Covid-19, na maioria dos países.

Esta segunda-feira, o primeiro-ministro francês reuniu-se com representantes do setor que demonstraram a sua inquietação. "Normalmente, nas montanhas, nesta época já há mais de 50 a 60% de reservas. Hoje não chegam aos 10%", diz Didier Chenet, representante do setor acrescentando que há "hotéis nas montanhas que estão a pensar em não abrir, e não apenas em pequenas estações de esqui. Nós estamos verdadeiramente.... em reanimação", desabafa.

*Reino Unido*

Momentos antes de Boris Johnson anunciar as novas medidas a indústria da restauração do Reino Unido dizia que desencadeará as medidas legais para impedir a aplicação das novas regras locais de bloqueio que, dizem, poderão forçar ao encerramento de estabelecimentos de diversão noturna. A associação para esta indústria (NTIA) afirmava não haver provas de que estejam a contribuir para a propagação do novo vírus.

*Portugal*

Em Portugal, as altas temperaturas convidam ainda à praia e ao turismo mas para um país que tem perdido muito com esta crise, já que era cada vez mais destino de férias para muitos, a incerteza é grande e continua a temer-se um novo confinamento já que o número de casos continua a aumentar.

É uma nuvem carregada, a do confinamento, que continua a pairar no céu. Ainda assim, mas em Portugal, e com previsão de bom tempo até à p´róxima sexta-feira e com a Fórmula 1 de regresso ao país, pode ser que ela se vá transformando, gradualmente, numa pequena névoa.