EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Governo português cria estímulos ao Turismo

Portugal tenta apoiar setor do Turismo na época baixa
Portugal tenta apoiar setor do Turismo na época baixa Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Governo português pretende incluir no Orçamento para 2021 um programa de apoio à procura nos setores do turismo, restauração e cultura, reembolsando parte do IVA. A ideia é criar um crédito que o consumidor possa utilizar numa compra subsequente da mesma natureza ou idêntica.

PUBLICIDADE

O Governo português pretende incluir no Orçamento para 2021 um programa de apoio à procura nos setores do turismo, restauração e cultura, reembolsando parte do IVA. A ideia é criar um crédito que o consumidor possa utilizar numa compra subsequente da mesma natureza ou idêntica.

Em entrevista à Lusa, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, anunciou uma parceria com a SIBS. "Está a haver um esforço importante no sentido de ter uma solução tecnológica que possa garantir que essa devolução é feita em tempo útil para todos e em particular para o consumidor, de modo a criar o tal estímulo ao consumo que se procura". 

A medida deve ser operacionalizada a partir de janeiro.

"Nós queremos que os descontos sejam sempre superiores a 30%. Portanto, é uma das condições, de modo a que o consumidor tenha aqui uma perceção que é um privilégio que lhe é concedido por via deste programa e o Turismo de Portugal comparticipará 50% do desconto atribuído pelo operador económico", explicou a secretária de Estado de Portugal. 

Até lá, o Governo vai lançar, na próxima segunda-feira, um programa de estímulo ao consumo até 15 de dezembro, baseado num esquema de comparticipação pública aos operadores dos setores da restauração, alojamento, transportes e cultura, que ofereçam descontos aos clientes.

O Governo português estima uma queda de 50 a 60% da receita turística este ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Portugal é o Melhor Destino Europeu pelo quarto ano

Setor do Turismo rema contra a maré de Covid-19

Taxa turística de dormida em Lisboa vai duplicar