Última hora
This content is not available in your region

Autoridade francesas revelam identidade do suspeito do homicídio que está a chocar França

euronews_icons_loading
Autoridade francesas revelam identidade do suspeito do homicídio que está a chocar França
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O assassinato de Samuel Paty chocou França e este sábado foram divulgadas imagens de vídeo amador da perseguição policial que culminou com a morte do atacante. A investigação é liderada pela Unidade Nacional de Antiterrorismo, que deu a conhecer algumas informações sobre o autor do crime:

De acordo com Jean-François Ricard, "o seu corpo tinha nove feridas de balas. Tinha na sua posse um punhal e uma arma de airsoft, que foram apreendidos. O indivíduo neutralizado tinha autorização de residência, emitida a 4 de março e válida até 2030. Nasceu a 12 de março de 2002 em Moscovo, tinha nacionalidade russa e origem chechena, beneficiava do estatuto de refugiado e vivia em Evreux."

O crime macabro foi descoberto na tarde de sexta-feira, quando a polícia encontrou um corpo decapitado na rua em Conflans-Sainte-Honorine, um subúrbio de Paris. Samuel Paty foi assassinado por ter mostrado caricaturas de Maomé numa aula em que abordou precisamente a liberdade de expressão. Alunos e pais prestaram este sábado uma derradeira homenagem ao professor.

Além das homenagens espontâneas, o governo francês já anunciou que será feita uma homenagem nacional à mais recente vítima do extremismo religioso.