Última hora
This content is not available in your region

Cipriotas-turcos "alinhados" com a Turquia

euronews_icons_loading
Cipriotas-turcos "alinhados" com a Turquia
Direitos de autor  Nedim Enginsoy/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Ersin Tatar, o candidato do Movimento Nacionalista, apoiado pela Turquia, às presidenciais na autoproclamada República Turca do Norte de Chipre, ganhou as eleições.

Uma vitória para aquele que era, até aqui, primeiro-ministro mas também para o presidente turco que vê a sua posição reforçada e a solução de dois Estados a ganhar força. A Turquia é o único país que reconhece a soberania da região turco-cipriota.

Uma surpresa, o facto de Tatar ter conseguido 51,74% já que tudo apontava para uma vitória do seu principal adversário. Mustafa Akinci é o grande derrotado do escrutínio porque não conseguiu ser reeleito e vê ser "recusada" a sua intenção de reunificação de Chipre.

Poderá ter contribuido para este resultado a reabertura da estância balnear de Varosha, localizado na cidade de Famagusta, lugar isolada pelo exército turco desde que o país invadiu uma parte do norte da ilha em 1974. Foi durante a campanha eleitoral que Erdogan apareceu ao lado de Tatar - que mostrou o seu apoio à exploração de hidrocarbonetos pela Turquia no Mediterrâneo Oriental - a dar a boa nova.