Última hora
This content is not available in your region

OMS contra "nacionalismo vacínico"

euronews_icons_loading
OMS contra "nacionalismo vacínico"
Direitos de autor  Andy Wong/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 460 mil pessoas ficaram infetadas com coronavírus, este sábado, e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), que revelou os números, metade dos casos ocorreram na Europa.

Após o registo, pelo terceiro dia consecutivo, de um aumento do número de infeções, a agência das Nações Unidas adverte contra um nacionalismo relativo às vacinas.

Para o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que "a melhor maneira de o fazer é vacinar algumas pessoas em todos os países e não todas as pessoas em alguns países", acrescentando que "o 'nacionalismo vacínico' vai prolongar a pandemia em vez de a abreviar. A única forma de recuperar mais rapidamente vidas e meios de sustento é recuperar em conjunto".

França regista mais de 52 mil casos num dia

França voltou a bater, este domingo, o recorde de do número de infetados com coronavírus pelo quarto dia seguido, ao registar 52.010 novos casos em 24 horas.

Em recolhimento obrigatório das 21h às 6h, o país está a adaptar-se às novas restrições.

Na região do Loire, 21 presidentes de câmara solicitaram ao exército a instalação de um hospital de campanha, para fazer face ao afluxo de pacientes com covid-19.

Espanha em estado de emergência

Em Espanha foi decretado estado de alerta, a partir deste domingo, passando a haver recolhimento obrigatório das 11 da noite às 6h da manhã.

O mais recente nível de emergência sanitária foi anunciado pelo primeiro-ministro Pedro Sánchez, depois de o país se ter tornado no primeiro da Europa a passar o registo de um milhão de casos.

Itália encerra espaços públicos

Em Itália, depois de batido o recorde de mais de 20 mil novos casos de covid-19 em 24 horas, restaurantes e bares deixam de servir a partir das 18 horas, cinemas, piscinas e ginásios vão ficar fechados.