EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Joe Biden eleito presidente dos EUA

Joe Biden eleito presidente dos EUA
Direitos de autor Carolyn Kaster/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Carolyn Kaster/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews com AP, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Órgãos de comunicação social norte-americanos declaram Joe Biden o 46º presidente dos EUA com vitórias na Pensilvânia e no Nevada.

PUBLICIDADE

A notícia está a multiplicar-se nos meios de comunicação norte-americanos: Joe Biden conquistou a Pensilvânia e está em situação de ser declarado como vencedor das eleições presidenciais nos Estados Unidos.

O agora presidente-eleito assumiu o triunfo no twitter.

Poucas horas antes, Joe Biden, num discurso proferido no Delaware, tinha voltado a demonstrar confiança na vitória:

"Vamos vencer esta corrida com uma clara maioria da nação a apoiar-nos. Conseguimos mais de 74 milhões de votos. Vou repetir: 74 milhões de votos, mais do que alguma candidatura presidencial obteve na história dos Estados Unidos da América.

Queremos que todos, friso todos, saibam que no primeiro dia colocaremos em ação um plano para controlar este vírus. Não podemos salvar nenhuma das vidas perdidas, nenhuma das que foram perdidas, mas podemos salvar muitas nos próximos meses.

É hora de nos unirmos como uma nação para sarar feridas. Não vai ser fácil mas temos de tentar. A minha responsabilidade, enquanto presidente, será representar toda a nação. E quero que saibam que vou trabalhar afincadamente por aqueles que votaram contra mim da mesma forma que trabalharei para os que votaram em mim. Essa é a minha missão".

Enquanto isso, Donald Trump publicou um tweet a afirmar que tinha ganho por uma larga margem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nancy Pelosi refere-se a Biden como "presidente eleito"

Estados Unidos continuam à espera

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão