EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Casal alemão na origem de vacina da Pfizer

Uğur Şahin, CEO BioNTech
Uğur Şahin, CEO BioNTech Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Nara Madeira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A vacina contra a Covid-19 da Pfizer tem na sua génese a BioNTech, empresa alemã, liderada por um casal de investigadores de origem turca.

PUBLICIDADE

A vacina de que toda a gente fala, a da Pfizer para o combate à Covid-19, foi financiada pela gigante farmacêutica americana mas a génese do seu desenvolvimento está na BioNTech, empresa alemã fundada por um casal de investigadores de origem turca, Uğur Şahin e Özlem Türeci e que até aqui se dedicava, fundamentalmente, à investigação oncológica. 

Mudando de objeto são agora responsáveis por uma vacina que está já a ser testada em larga escala e que, até aqui, é a mais promissora. Şahin, que é o presidente executivo da BioNTech esclarece que é importante que a vacina seja testada "em pessoas de diferentes regiões e origens étnicas para garantir" que os seus efeitos_ e os "colaterais não variam muito tendo em consideração a origem étnica da população"_.

O anúncio de que a vacina da Pfizer é 90% eficaz contra a COVID-19 foi uma espécie de viragem na luta global contra o novo coronavírus e colocou o casal entre os cem alemães mais ricos com a sua empresa a valer quase 18 mil milhões de euros.

Outras fontes • Eurovision

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pfizer e BioNTech anunciam vacina com 90% de eficácia contra a covid-19

Scholz promete melhorar o processamento de migração irregular

Campeonato europeu não tira economia alemã da estagnação