Última hora
This content is not available in your region

Casal alemão na origem de vacina da Pfizer

euronews_icons_loading
Uğur Şahin, CEO BioNTech
Uğur Şahin, CEO BioNTech   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A vacina de que toda a gente fala, a da Pfizer para o combate à Covid-19, foi financiada pela gigante farmacêutica americana mas a génese do seu desenvolvimento está na BioNTech, empresa alemã fundada por um casal de investigadores de origem turca, Uğur Şahin e Özlem Türeci e que até aqui se dedicava, fundamentalmente, à investigação oncológica.

Mudando de objeto são agora responsáveis por uma vacina que está já a ser testada em larga escala e que, até aqui, é a mais promissora. Şahin, que é o presidente executivo da BioNTech esclarece que é importante que a vacina seja testada "em pessoas de diferentes regiões e origens étnicas para garantir" que os seus efeitos_ e os "colaterais não variam muito tendo em consideração a origem étnica da população"_.

O anúncio de que a vacina da Pfizer é 90% eficaz contra a COVID-19 foi uma espécie de viragem na luta global contra o novo coronavírus e colocou o casal entre os cem alemães mais ricos com a sua empresa a valer quase 18 mil milhões de euros.

Nome do jornalista • Nara Madeira

Outras fontes • Eurovision