Última hora
This content is not available in your region

O regresso das telenovelas

euronews_icons_loading
Telenovelas
Telenovelas   -   Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Não há telenovelas sem beijos, abraços, festas e pequenos-almoços e, por isso, deixou de haver trabalho por causa da pandemia.

Na Colômbia, um dos países do mundo que mais se destacam na produção deste formato, foram canceladas mais de 30 produções. As restrições impostas pelo governo foram flexibilizadas em setembro e agora é preciso voltar ao trabalho.

Uma equipa de produção voltou a filmar "Cafe", um clássico colombiano das novelas da América Latina.

"Estávamos prestes a começar a filmar em abril, e apenas dez dias antes do início da filmagem entrámos em quarentena durante quase seis meses", conta a produtora executiva Yalile Giordanelli.

O romance fica dentro do ecrã. Cá fora, há máscaras, testes e um risco permanente.

Katherine Velez, uma das atrizes principais da telenovela, diz que é preciso correr riscos porque os atores trabalham com emoções, com o corpo e com a voz.

O setor de artes e entretenimento foi um dos mais afetados pela pandemia na Colômbia. Entre outubro de 2019 e outubro de 2020, mais de 200 mil pessoas perderam o emprego.