EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Migrantes na Bósnia esperam por tendas na neve

Migrantes na Bósnia esperam por tendas na neve
Direitos de autor Kemal Softic/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Kemal Softic/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O mau tempo atrasou a instalação de tendas no campo de Lipa, na Bósnia, deixando requerentes de asilo sem abrigo, sob temperaturas negativas.

PUBLICIDADE

Debaixo de temperaturas negativas, cerca de mil migrantes e refugiados viram as más condições do campo de Lipa, na Bósnia, tornarem-se ainda piores, esta sexta-feira, depois de a uma queda de neve ter atrasado a montagem de tendas para passarem a noite.

Dormem a céu aberto e esperam por comida muitas vezes descalços e sem roupa para o frio, após um incêndio, no final de dezembro, ter consumido o antigo acampamento no local.

A inação das autoridades, deixando as pessoas sem abrigo, levou a Bósnia a ser alvo de críticas internacionais.

Na semana passada, os militares começaram a montar novas instalações, mas o agravamento do mau tempo, esta sexta-feira, dificultou a concretização dos trabalhos, antes das 20 últimas tendas.

Peter Van der Auweraert, da Organização Internacional para as Migrações (OIM) da ONU, revelou entretanto que as autoridades começaram a deslocar migrantes para tendas aquecidas, num processo com fim agendado para este sábado.

No Twitter, o representante da OIM acrescentou ainda tratar-se de um "importante passo em frente". 

De acordo com a OIM, vivem atualmente na Bósnia cerca de 8500 migrantes extracomunitários, ainda na esperança de chegar ao norte da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mau tempo faz estragos no centro da Europa

Acampamento na Bósnia acolhe cerca de mil migrantes apesar de ter ardido

Incêndio destrói campo de refugiados na Bósnia