Última hora
This content is not available in your region

O problema das redes de pesca fantasma

euronews_icons_loading
O problema das redes de pesca fantasma
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O projeto europeu Adrinet é um exemplo de cooperação no domínio da preservação dos ecossistemas marinhos no Mar Adriático.

Cada país participante (Itália, Montenegro e Albânia) realizou ações para resolver o problema das redes de pesca "fantasma", as redes que estão perdidas no fundo do mar.

Uma das prioridades é identificar as zonas do fundo do mar onde se encontram as redes de pesca e analisar a que ritmo devem ser retiradas para não prejudicar o ecossistema.

"O problema das redes perdidas tem de ser abordado rapidamente, no momento em que a rede se perde e o microchip pode ajudar. A rede de pesca deve ser recuperada imediatamente porque se a rede ficar no mar durante anos, o ecossistema marinho da área pode desenvolver-se em torno dessa rede. E nesse caso, se retiramos as redes de pesca, pode ser problemático, porque obviamente há um novo equilíbrio, que seria destruído novamente. O que tem de ser feito, tal como no caso das contaminações, é agir ao nível da prevenção, da formação das pessoas, dos operadores e dos pescadores, porque as redes de pesca são plásticos dispersos tal como os sacos de plástico e as garrafas, mas ao contrário de objetos, devem ser removidos do fundo do mar rapidamente, logo que se perdem", explicou Elisabetta Bonerba, coordenadora do projeto europeu Adrinet.