Última hora
This content is not available in your region

Hong Kong confina, China faz testes em massa

De  Euronews
euronews_icons_loading
Hong Kong confina, China faz testes em massa
Direitos de autor  Vincent Yu/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas em Hong Kong vão ter de ficar em casa durante o fim de semana. O território chinês está a passar pelo primeiro confinamento sanitário desde o início da pandemia de covid-19. A medida abrange cerca de 10 mil habitantes de Jordan, um dos bairros mais pobres e povoados da região, onde foi registado um surto.

Para travar os contágios, as autoridades estão a levar a cabo uma campanha de testes em massa. Ninguém está autorizado a sair de casa sem um resultado negativo.

Também Pequim quer despistar novos casos de infeção, sobretudo após a suspeita de uma nova estirpe de coronavírus estar a ser propagada.

Cabinas de teste foram improvisadas ao ar livre, o objetivo é testar dois milhões de habitantes em 48 horas.

Em Tonghua, no nordeste do país, um centro de quarentena com quase duas mil camas está a ser terminado, à semelhança de um outro campo, com quatro mil quartos, em Shijiazhuang, mais perto da capital. De acordo com as autoridades, as instalações vão acolher pessoas que estiveram contacto direto com infetados.