Última hora
This content is not available in your region

Dinossauro descoberto na Patagónia será o maior de sempre

De  Euronews
euronews_icons_loading
Excavação na Argentina
Excavação na Argentina   -   Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Um enorme esqueleto de dinossauro encontrado na Argentina pode ser o maior de que há conhecimento.

Os restos foram descobertos por arqueólogos em 2012, na província de Neuquén, no norte da Patagónia, mas só recentemente ficou a ser conhecida a verdadeira envergadura do animal. As escavações continuam.

José Ignacio Canudo, paleontólogo da Universidade de Saragoça (Espanha):"Um aspeto interessante deste animal, é que pode ser também o primeiro que é encontrado mais ou menos completo, quando terminar a excavação. Com o que encontrámos até agora, podemos estimar um comprimento de 40 metros, desde a cabeça até à ponta da cauda."

Este gigante do Cretáceo terá vivido há 98 milhões de anos e será um espécime do tipo titanossauro.

A confirmar-se o tamanho, é superior ao Patagotitan Mayorum, um colosso de 37 metros e 70 toneladas - o equivalente ao peso de 10 elefantes africanos -, que era até ao momento o maior dinossauro conhecido.