EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Clubes noturnos querem ajudar no combate à Covid-19

Clubes noturnos querem ajudar no combate à Covid-19
Direitos de autor Кадр из видео AFP
Direitos de autor Кадр из видео AFP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O famoso clube noturno parisiense Le Dépôt reabriu as portas uma tarde para uma campanha de testes à Covid-19. O objetivo é mostrar que "os clubes noturnos não são apenas locais de contaminação" e acelerar a reabertura de bares e discotecas.

PUBLICIDADE

O famoso clube noturno parisiense Le Dépôt reabriu as portas uma tarde para uma campanha de testes à Covid-19. O objetivo é mostrar que "os clubes noturnos não são apenas locais de contaminação" e acelerar a reabertura de bares e discotecas.

"Isto lembra-nos que num dado momento também houve lugares com vida em Paris e que estes estão motivados para ajudarem as coisas a melhorarem e a dar amplitude ao rastreio, que se torna essencial para se sair desta pandemia", realça o DJ Damien Lefèvre, que já atuou no Le Dépôt. 

Em Londres, cem clubes noturnos querem transformar-se em centros de vacinação e esperam a luz verde das autoridades. O Governo britânico planeia vacinar idosos, pessoas com patologias e profissionais de saúde até meados de março.

"Temos os locais, temos os edifícios. E se pudermos ajudar de alguma forma, tentaremos fazê-lo. Se pudermos ajudar a Covid a desaparecer é muito bom para nós", sublinha Scott Chester, gerente de um clube noturno londrino.

Para acelerar o processo, o Reino Unido montou vários centros de vacinação em massa em lugares incomuns, como estádios, cinemas, catedrais, lojas de bricolagem e pistas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Câmara de Paris nada nas águas do rio Sena

15 000 militares já estão em Paris para garantir segurança dos Jogos Olímpicos

Real Madrid recebe Mbappé com um grande espetáculo no Bernabéu