Última hora
This content is not available in your region

Homenagem ao líder da resistência afegã à ocupação soviética

euronews_icons_loading
Homenagem ao líder da resistência afegã à ocupação soviética
Direitos de autor  أ ف ب
Tamanho do texto Aa Aa

O comandante da resistência à ocupação soviética no Afeganistão, Ahmad Shah Massoud, foi homenageado este sábado com a atribuição do seu nome a uma travessa no parque dos Campos Elísios em Paris.

A cerimónia foi presidida pela autarca da câmara da capital francesa, Anne Hidalgo, na presença do filho daquele que é hoje considerado um herói nacional afegão.

Ahmad Shah Massoud comandou a resistência contra o ocupante soviético nos anos 80 e depois contra os talibãs entre 1996 e 2001, à frente da chamada Aliança do Norte.

Em abril de 2001 fez a primeira viagem à Europa em visita ao parlamento Europeu em Estrasburgo. No seu discurso, o Leão de Panjshir, como era conhecido, proferiu um alerta contra Bin Laden e a Al-Qaida.

Nesse mesmo ano, dois dias antes dos atentados do 11 de setembro, foi assassinado, alegadamente, por membros suicidas dos talibãs e da Al-Qaida, disfarçados de jornalistas com explosivos numa câmara de televisão.