Última hora
This content is not available in your region

Franceses exigem maior redução nas emissões de carbono

euronews_icons_loading
Franceses exigem maior redução nas emissões de carbono
Direitos de autor  Michel Euler/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar das restrições e do confinamento em várias regiões, tem havido protestos em diversas cidades francesas contra um novo e controverso projeto de lei sobre os objetivos de redução das emissões de carbono, que muitos argumentam não fazer o suficiente para combater o aquecimento global.

Os protestos foram convocados por ONG e sindicatos que defendem que a nova lei francesa de combate às alterações climáticas fica aquém das necessidades e não ajudará o país a cumprir os objetivos mínimos de emissões da União Europeia.

Uma manifestante afirma: "Há uma verdadeira exigência dos cidadãos para que a mudança seja posta em marcha agora. E temos a impressão de que todos os organismos democráticos perderam o seu poder e que a rua continua a ser um dos últimos bastiões para nos expressarmos como cidadãos".

O atual projeto de lei propõe reduzir as emissões de carbono em 40%, até 2030. O Acordo Europeu pretende que, no espaço da União Europeia, as emissões de carbono sejam reduzidas em 55%.

O projeto de lei é discutido hoje na assembleia nacional. Os organizadores das manifestações apelam a novos protestos no dia 6 de maio, caso o diploma seja aprovado.