Última hora
This content is not available in your region

Braçadeira de Ronaldo arrematada por 64 mil euros

euronews_icons_loading
Braçadeira de Ronaldo arrematada por 64 mil euros
Direitos de autor  Darko Vojinovic/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Durante o Sérvia-Portugal, de qualificação para o Mundial de 2022, e depois de ver um golo injustamente anulado pelo árbitro, Cristiano Ronaldo perdeu a paciência.

Mas o gesto de ter deixado o campo e atirado a braçadeira de capitão para o relvado acabou por ter consequências positivas, já que a braçadeira foi leiloada e arrematada por 64 mil euros, para ajudar um bebé que sofre de atrofia muscular espinhal. A iniciativa do leilão partiu de um os bombeiros que estavam de serviço no estádio e apanhou a braçadeira.

O golo anulado a Cristiano Ronaldo contra a Sërvia, em Belgrado.

"A braçadeira caiu perto de mim, a dois ou três metros de onde estava. Com o acordo do meu comandante e dos meus colegas, fiquei com ela e decidimos que seria leiloada para uma ação caritativa", conta Djordje Vučević, o bombeiro que apanhou o objeto.

Ronaldo marcou no período de compensação, mas o árbitro não validou, apesar da bola ter passado a linha e o jogo acabou empatado 2-2. No jogo seguinte, Portugal derrotou o Luxemburgo por 3-1.