Última hora
This content is not available in your region

Fãs choram a morte do 'rapper' DMX aos 50 anos

De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Fãs choram a morte do 'rapper' DMX aos 50 anos
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Fãs de rap de todo o mundo choram a morte de DMX. O rapper norte-americano, estrela nos anos 90 e 2000, nomeado para vários Grammys e autor de temas como "Ruff Ryders' Anthem" ou "Party Up", morreu aos 50 anos, num hospital de Nova Iorque, uma semana depois de ter sido internado em estado grave na sequência de um ataque cardíaco sofrido em casa. Deixa 15 filhos.

O hospital tornou-se, entretanto, local de peregrinação de fãs que vêm lembrar a memória do ídolo: "Vim aqui dar apoio. Vim do Connecticut assim que soube da notícia", diz um admirador. Outra fã diz: "Cresci com a música dele. É importante para mim porque representa Westchester, a minha zona".

Além de estrela do rap, DMX entrou também em vários filmes. mas teve também um lado menos glamour, com uma história de dependência das drogas que começou ainda na adolescência e vários problemas com a justiça.